Narda Telles

          Nascida na cidade de Manaus, estado do Amazonas. Licenciada em Filosofia pela UFAM (1998). Bacharel em Jornalismo pela UNINORTE (2012). Especialista em Metodologia de Ensino em Filosofia e Sociologia pela UNIASSELVI (2020). Especialista em Contação de Histórias pela FAVENI (2021). Mestranda em Ciência da Educação pela UAA (2021).

          Em 1980, aos 14 anos, iniciou o fazer teatral num curso na Biblioteca Pública do Amazonas. A partir de então, atuou como atriz nos Grupos Teatrais: O Grito, Evolução, Independente, Pombal, Vitória Régia, Origem, Cooperativa Tempo etc. Nesses grupos, adquiriu vasta experiências na área artística, realizando espetáculos em diferentes linguagens, como: Palco, Rua, Bonecos, Sombra, Performances, Leitura Dramatizada etc.

        Sempre apaixonada pela leitura e em contato constante com a dramaturgia, foi impossível não começar a escrever. E quando surgiu a vontade de falar sobre assuntos da Amazônia e não encontrou o que buscava, iniciou seu processo de escrita em parceria com outros artistas das artes cênicas, como Paulo Queiroz e Francisco Cardoso.

          Em 2001 começou a dirigir, junto com Paulo Queiroz e Sérgio Lima. Juntos, fundaram o Grupo Amazônia Arte-Mythos, ao qual ela foi presidente desde sua fundação em 2003. Muitos espetáculos infantis dirigidos e escritos pela artista foram feitos artesanalmente, através de experimentos de materiais e linguagens. Uma costura de teatro, dança, cantorias, contação de histórias, manipulação de bonecos etc.

         Nos últimos 10 anos, se dedicou a realizar apresentações em escolas públicas, pois acredita que o teatro educa e precisa tornar-se mais acessível. Em 2020 iniciou experimentos entre teatro e animação, misturando atuação de atores\bonecos com imagens digitais, sempre buscando novas formas de se expressar.

​